Em ritmo de festa junina, Alunos de ensino fundamental e médio do Colégio Sophos participaram, na noite deste sábado (15) do Festival Folclórico. A atividade, além de proporcionar diversão e interação entre pais e alunos da instituição, também tem como objetivo, trabalhar com os estudantes através da dança, os mais diversos eixos culturais do Brasil.

 

Samba, quadrilha junina, frevo, catira e danças diversas, além do tradicional Carimbó paraense, com participação especial do grupo Xuate Carajás, que fizeram a animação do festival.

 

“Esta noite representa a união entre família e escola. Este festival folclórico é muito importante para a instituição, pois Parauapebas não tem uma cultura própria então nós decidimos homenagear várias regiões do Brasil”, disse Rosa Peixoto Alves, Diretora Pedagógica do Sophos, em Parauapebas.

 

A assistente social, Gardenia Lima, tem uma filha que estuda na instituição e disse aprovou o evento. “Acho muito interessante, não só pelo fato de valorizar a cultura do estado, mas também as mais diversas culturas, como a quadrilha junina do Nordeste e outros. São regiões distantes daqui, mas é importante resgatar para que os alunos também possam conhecer”, disse.

Rosa Peixoto Alves, Diretora Pedagógica do Sophos, em Parauapebas.

 

A assistente social, Gardenia Lima aprovou o evento. Ela foi acompanhada com seu esposo

 O grupo de carimbó, Xuate Carajás fez a animação do festival. 

Confira o álbum de fotografias Festival Folclórico 2019 do Colégio Sophos 

Neste sábado, (25), foi realizado no Colégio Sophos, o torneio ‘Festival da Juventude de Xadrez’, promovido pelo Clube de Xadrez de Parauapebas. Um evento de nível regional, que contou com a participação de equipes de enxadristas de Parauapebas, Marabá e Canaã. O torneio teve início às 09h da manhã e os participantes puderam concorrer nas categorias sub-10/sub12-/sub-15/sub18.

Diretora do Colégio Sophos, Rosa Peixoto.

Em entrevista, a diretora do Colégio Sophos, Rosa Peixoto, disse que eventos como estes são de grande importância no desenvolvimento cognitivo dos alunos e por isso está na grade curricular da instituição.  “É uma oportunidade de os alunos desenvolverem o raciocínio lógico. O xadrez, dentro da escola, é mais uma modalidade educativa que proporciona mais conhecimento, ajuda no desenvolvimento dos alunos, além de ser uma forma de diversão para eles”, pontou a diretora.

Professor de Xadrez e organizador do evento, Rodrigo Leal

O professor de Xadrez e organizador do evento, Rodrigo Leal, disse que o xadrez é muito usado como ferramenta pedagógica nas escolas e serve também como integração entre enxadristas da região Sul e Sudeste do estado. “Nosso objetivo é ajudar a desenvolver o xadrez Pará. Já foi comprovado que o xadrez aumenta até 25% a concentração e raciocínio lógico das pessoas que praticam o esporte. Então este é o nosso objetivo levar a prática do xadrez a mais lugares e pessoas, pois além de desenvolver o esporte, também viabiliza a integração entre as regiões sul e sudeste, por exemplo aqui, temos jogadores de Marabá e Canaã”, explica Rodrigo.

Ainda segundo Rodrigo Leal, se o conselho e o secretário de esporte aprovarem, a prática enxadrista também será disseminada na zona rural do município. “Se eles aprovarem, nosso objetivo será levar o xadrez para o campo. Aqui na zona urbana já está em 11 cidades e em novembro estamos preparando um evento que contará com a participação de mais de 200 crianças aqui em Parauapebas”, contou o organizador.

A aluna da escola Sophos, Hevelyn Cristine.

A aluna da escola Sophos, Hevelyn Cristine, também participou do evento e contou para a reportagem sobre suas motivações para jogar xadrez. “O que me incentiva a jogar xadrez é poder competir com várias pessoas e aprender mais sobre o jogo. Os benefícios que ele me traz, são inúmeros, entre eles está desenvolvimento do meu raciocínio logico e pensar em diversas maneiras para poder vencer”, disse.

Competidora de Marabá, Joyce de Oliveira.

A competidora de Marabá, Joyce de Oliveira, comentou sobre como o xadrez influencia na vida dela. “Para mim o xadrez é um grande incentivo porque ele ajuda a estimular o nosso cérebro em questões como: rapidez, prática e formas de jogo, além de proporcionar o desenvolvimento de um QI mais elevado”, finalizou.

Colégio Sophos.

(Da redação)

A noite desta sexta-feira (07) foi mais do que especial para os 41 alunos concluintes do Ensino Médio e 25 alunos do 9º Ano do Colégio Sophos de Parauapebas. A cerimônia de formatura das turmas foi realizada na própria escola com muita emoção e alegria compartilhada entre os estudantes, amigos e familiares.

Para os alunos de 9° Ano, a alegria de início de férias e expectativa de iniciar mais uma etapa no próximo ano é algo que não se discute. Já para os formados da 3ª Séria do Ensino Médio, a gratidão pela recompensa do trabalho e muito esforço representam  mais um salto rumo a universidade.

Em seu pronunciamento, o Diretor Geral do Sophos, Jonas Cunha, parabenizou os alunos, professores, pais e colaboradores do Colégio e destacou que todos tiveram um papel fundamental para tal conquista. “A disciplina e determinação que todos vocês adquiriram, as tantas horas que ficaram acordados para tirar uma boa nota na prova proporcionaram a vocês, alcançarem este momento. O conhecimento adquirido ninguém irá tirar de vocês. Esta ‘musculatura’ esculpida com muito esforço lhes proporcionarão muitas conquistas nas próximas etapas de suas vidas”, disse Jonas.

Jonas Cunha,, Diretor Geral do Sophos. 

Turma do 9º ano (Fundamental).

Turma da 3ª série do Ensino Médio.



 

A noite desta última quinta-feira (06) foi duplamente especial para os alunos do ensino fundamental, pais e demais membros da comunidade escolar do Colégio Sophos, que preparou uma linda e emocionante cerimônia de formatura para os alunos do 1º e 5º ano do fundamental I, com direito a Cantata de Natal e muitas emoções.

Familiares e alunos celebram juntos formatura e Cantata de Natal. 

A programação emocionou a platéia que assistiu animada as apresentações musicais interpretadas pelos pequenos alunos.

Professor Jonas, Diretor de Ensino do Sophos ladeado pela Diretora Pedagógica, Rosa Peixoto e Marcia Barreto, Coordenadora do Ensino Fundamental I e II. 

Em entrevista, o professor Jonas Cunha, Diretor de Ensino do colégio Sophos, disse sentir-se feliz em estar finalizando mais um ano letivo com êxito e, segundo ele, o melhor de tudo é ver o sorriso no rosto dos alunos pela conclusão de mais um ano letivo. “Hoje é sem dúvidas  um dia muito especial para todos nós que fazemos parte do Colégio Sophos; primeiro por estarmos finalizando mais um ano letivo e segundo por ver mais uma turma do 1º ano do fundamental I se formando, pois isso significa a inserção deles no mundo das letras. E também pela formação dos nossos queridos alunos do 5º ano, que irão para o ensino fundamental II, neste próximo ano, cumprindo aí mais uma etapa em suas vidas. Este é sempre um momento muito importante e de muita emoção para todos nós”, frisou o professor.

Pais e professores entregam diplomas aos seus pequenos formandos. 

A cerimônia de formatura iniciou com a entrada dos formandos e seus paraninfos; logo depois o professor Jonas proferiu o discurso, parabenizando os alunos por esta importante etapa concluída; depois os oradores das turmas relembraram momentos inesquecíveis vividos durante o ano letivo, seguido do juramento e da entrega dos diplomas aos formandos.

Alunos  do Ensino Fundamental I finalizam a cerimônia com Cantata. 

Para finalizar a noite, os alunos apresentaram a Cantata de Natal, que simboliza a aproximação da data mais festiva e importante do ano, o nascimento do menino Jesus.  A Cantata contou com a apresentação de alunos das demais turmas do ensino Fundamental I, que apresentaram animadamente canções natalinas cantadas em coro.

 Corpo docente do Ensino Fundamental I do Colégio Sophos também comemora o sucesso e a conclusão de mais um ano letivo. 

 

 (Ingrid Cardoso)

 

Colégio Sophos abre 8ª edição dos jogos internos em Parauapebas

Hoje foi um dia mais que especial para os alunos do Colégio Sophos, dia da abertura dos jogos internos, evento muito esperado pelos alunos, todos os anos. O evento aconteceu na manhã desta terça-feira (11) e contou com a participação dos alunos, professores e demais membros da comunidade escolar.

Na cerimônia de abertura, em ato solene, alunos cantaram o Hino nacional e fizeram o juramento, como tradicionalmente ocorre em eventos esportivos.

Em entrevista, o diretor do colégio, Jonas Cunha fala um pouco os jogos. “Acreditamos que o esporte é, além de uma atividade de lazer, também é um instrumento pedagógico, onde os alunos aprendem a desenvolver-se em uma atmosfera de dignidade, alegria, cooperação e solidariedade”, disse.

Jonas informou ainda que os alunos estão bem motivados com os jogos deste ano, assim  como a aluna do 6º ano, Maísa Ruth, de 12 anos de idade, que se mostrou bem empolgada com o evento esportivo, principalmente por conta de sua modalidade preferida, o futsal. De acordo com ela, os jogos internos da escola são importantes para o desenvolvimento dos alunos. “Gosto muito de participar! É bem legal e importante, pois ajuda a desenvolver nosso corpo e nossa mente, além de proporcionar muita diversão”, disse Maísa.

Entre as modalidades esportivas praticadas pelos alunos, durante os jogos internos, estão: basquete, vôlei, futsal, queimada, handebol,  tênis de mesa e xadrez. O evento será realizado até o dia 20 de setembro e conta com a participação de alunos de todas as classes, tanto do ensino fundamental, como do ensino médio.

Na tarde de hoje, os jogos de queimada e  handebol, masculino e feminino dos alunos de 6º ao 8º ano foram realizados.

 

 Maísa Ruth, de 12 anos de idade, se mostrou bem empolgada com o evento.  

 

 

 Alunos do ensino fundamental.

 

 Alunos do ensino médio. 

 

 Abertura dos Jogos Internos do Colégio Sophos momento de união entre os alunos.

Juramento abre oficialmente o evento.

 

 Na cerimônia de abertura, em ato solene, alunos cantaram o Hino nacional e fizeram o juramento, como tradicionalmente ocorre em eventos esportivos.

 

Jonas Cunha, Diretor de Ensino do e Rosa Peixoto, Diretora Pedagógica do Sophos. 

 

 (Da redação)

 

Loading
http://www.carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink