FCCM: Poema e música marcaram o II Entardecer no Museu Francisco Coelho, na Marabá Pioneira Destaque

A diretora do Museu Municipal, Wânia Gomes, explica que a programação é permanente, geralmente sendo realizada uma vez ao mês, normalmente na terceira sexta-feira do mês. “A gente fica supressa com essa diversidade de público, o que nos empolga mais ainda. Queremos consolidar esse evento. Hoje estamos recebendo alunos do ensino médio, escritores, um público diferenciado do que veio no primeiro. O convite é feito pelas redes sociais e ficamos aguardando, é sempre uma surpresa para nós”, disse.

 

Wânia Gomes, diretora

Amanda Vieira é integrante da banda da FCCM. Ela toca clarinete, mas no Entardecer, dessa vez, deixou o instrumento de lado e usou a voz para cantar MPB. Ela é vocalista do Quinteto Bacana. “Resolvemos mudar um pouquinho, cantar um pouquinho para o pessoal pra dar uma diferenciada. É a primeira vez que canto sozinha e músicas que não tenho costume de cantar, mas está sendo muito legal, uma experiência que vou levar pra minha vida”, confessa.

 

 

Carmina Santis levou os alunos do 3º ano da Escola Plinio Pinheiro para terem contato, de perto, com a poesia. Ela e alguns estudantes também declamaram poemas. “O museu é cultura, então nada mais prático do que fazer esse intercâmbio entre escola e espaços culturais. O evento é uma iniciativa louvável, porque você tá mostrando arte para a juventude”, observa.

Dérick Luiz Rodrigues, aluno de Carmina, recitou o poema “Sentimento do Mundo”, de Drummond, e estava encantado com o momento. “O sentimento é bom, porque é difícil acontecer, eu gostei, a turma gostou. Eu me preparei, me identifico com poema” destaca.

 

 

Para a professora de Língua Portuguesa e mestranda Aline Pinheiro, o evento alavanca ainda mais o setor cultural da cidade. “É muito importante a gente frequentar os museus e ter oportunidade também de, não só conhecer a nossa cultura, mas degustar um pouco de poesia. Já que gente fala que o nosso entardecer é incrível, eu vim registrar e deixar também um pouquinho de poesia”, afirma.

 

 

Para quem ainda não teve oportunidade de conhecer o evento, basta aguardar o próximo Entardecer no Museu, em junho. A data será divulgada nas redes sociais do Museu.

Facebookhttps://www.facebook.com/MuseuMaraba/
Instagram: https://instagram.com/museumaraba?igshid=YmMyMTA2M2Y=

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Aline Nascimento

Veja outras fotos:

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://www.carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://www.carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Novo_Projeto_-_2021-07-05T111350990gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016